Remédio para disfunção erétil – Tratamentos e recomendações

Quem procura por remédio para disfunção erétil pode se sentir constrangido, mas não deveria. Problemas relacionados a ereção masculina são cada vez mais recorrentes, por diversos motivos. Mais da metade da população entre 40 e 70 anos sofrem ou já sofreram com o mal da impotência sexual (fonte).

Apesar disso de todo o temor e constrangimento envolvido com esse problema, são poucos que procuram ajuda para obter uma solução. Por esse motivo, a vida sexual dos casais que possuem um longo relacionamento está cada vez menos saudável.

Para aqueles que se diferenciam da maioria e procuram resolver de uma vez por todas os problemas com falta de ereção ou libido, fizemos esse texto para tirar e solucionar todas as dúvidas relacionadas ao assunto. Abaixo estão as sessões abordadas aqui:

O que é disfunção erétil

Também chamada de impotência sexual masculina, é a dificuldade permanente que homem possui para manter ou até mesmo para obter uma ereção. Tal condição pode ser considerada uma doença crônica e precisa de tratamentos.

Não conseguir obter ou não conseguir manter uma ereção não é natural e pode ser um sinal de que há algo errado no organismo (corpo ou mente) masculino. Por isso, caso haja ocorrência frequente do problema, o aconselhado é que se busque ajuda médica.

Causas da impotência sexual masculina

Sabe-se que são diversos problemas que podem causar a disfunção na ereção. Dessa forma, as causas podem ser físicas (doenças vasculares, por exemplo), mental (como depressão) ou até mesmo relacionados a vícios de estilo de vida, como álcool e cigarro.

Para entender melhor cada uma delas, primeiramente devemos entender o funcionamento do organismo quando o assunto é ereção.

Como acontece a ereção

Apesar de acontecer por um mecanismo único e específico, sabemos que existem situações em que ela aparece sem motivo aparente. Entretanto, são em momentos de estímulos sexuais e eróticos que acontece com mais frequência.

remédio para disfunção erétil

Pois bem, olhando para a figura acima podemos perceber que o pênis é composto pelo corpo cavernoso e um corpo esponjoso (onde a fica a uretra).

O aumento do volume e rigidez do pênis durante a ereção só acontece devido ao corpo cavernoso, que recebem sinais do cérebro para que suas artérias sejam dilatadas. Dessa forma, há um grande fluxo de sangue dentro dele.

Qualquer dificuldade nesse processo, seja no envio de sinais, na dilatação das artérias ou até mesmo no fluxo de sangue, pode causar falha neste mecanismo único – causando a falta de ereção nos homens. Agora podemos entender melhor as diversas causas do problema.

Causas Psicológicas

  1. Ansiedade: a liberação de adrenalina quando há ansiedade faz com que os vasos sanguíneos fiquem mais estreitos, atrapalhando o fluxo de sangue;
  2. Depressão: forte relação com a diminuição drástica da libido;

Causas Físicas

  1. Problemas vasculares: por ser necessário fluxo de sangue para a ereção, qualquer condição que o atrapalhe, também atrapalha a função erétil. Assim, qualquer condição vascular pode ter efeito na falta de ereção;
  2. Problemas neurológicos: Problemas relacionados a envios de sinais até o pênis. Assim, não há dilatação e, portanto, não há ereção;
  3. Problemas hormonais: Em especial a falta de testosterona diminui a libido e a ereção mais saudável;
  4. Priapismo: Condição de ereção não natural e muito prolongada, danificando os tecidos do pênis;
  5. Diabetes: Diabetes podem causar danos nos nervos ou vasos sanguíneos, atrapalhando envios de sinais ou fluxo de sangue;
  6. Medicamentos: A impotência sexual é efeito colateral de diversos medicamentos hoje em dia. Os principais são os antidepressivos.
  7. Cirurgias e radioterapia: Procedimentos que podem danificar nervosos e vasos sanguíneos estão diretamente relacionados ao problema de disfunção erétil.
  8. Doença de Peyronie: Doença relacionada ao pênis, formando uma placa de tecido duro ao longo dos tubos. Isso dificulta a flexibilidade, dificultando a ereção ao mesmo tempo;
  9. Traumas penianos: Quando o pênis está ereto, ele se torna tão duro que pode até mesmo ser quebrado. Dessa forma, tais traumas geralmente acontecem justamente durante relações sexuais mais intensas.

Estilo de vida

  1. Álcool: Quando consumido em excesso, o álcool causa relaxamento do corpo e dos músculos. Isso se aplica ao pênis que, devido ao relaxamento, não consegue se manter ereto;
  2. Cigarro: Dano no sistema vascular devido ao tabaco do cigarro pode causar a falta, ou manutenção, da ereção;
  3. Estresse: Um estilo de vida de muito estresse e energia gastos podem resultar em pouca ou quase nada energia para atividades sexuais.

Tratamentos e remédios para disfunção erétil

Finalmente iremos falar de soluções para todos esses problemas. É importante entender que existem tratamentos naturais, que não possuem riscos e efeitos colaterais, e aqueles que são considerados “não naturais”, que envolvem certos riscos e alguns efeitos colaterais.

Tratamentos Naturais

1. Exercícios que melhoram a função erétil

 a. Labirinto

É um tipo de exercício que pode ser praticado em qualquer lugar, a qualquer momento. Portanto são muito recomendados contra a falta de ereção.

Primeiramente, é necessário localizar o músculo pubocoxigeno. Após isso, é preciso contrair da mesma forma como se estivesse cortando a urina, na hora de urinar. O exercício é contrair por alguns segundos e depois relaxar. Basta repetir esse processo algumas vezes ao dia.

b. Cardiovasculares

Exercícios físicos são aliados muito importantes nessa batalha. Alguns se destacam, como a dança e a natação.

Tais exercícios promovem melhor eficiência do sistema cardiovascular, melhorando também a função erétil do homem.

c. Mentais

Exercícios mentais podem ser muito variados e possuem diversas aplicações. Entretanto não são muito simples de praticar, principalmente sozinho.

Como solução, aulas de relaxamento em grupo, principalmente a Yoga, podem ser muito importantes. Além disso, tais aulas farão bem para que seu cotidiano não seja tão estressante e se torne “mais leve”.

2.  Alimentos que melhoram a ereção

  • Chocolate amargo;
  • Folhas verdes escuras;
  • Cereais e ostras;
  • Amêndoas;
  • Maca Peruana;
  • Açafrão (ou cúrcuma);
  • Melancia;
  • Ovos;
  • Linhaça.

3.  Hábitos para combater a impotência

a.  Conheça seu corpo

O autoconhecimento é sempre um assunto muito falado quando discutimos sexualidade das mulheres, mas é raramente abordado quando o assunto são os homens. É importante que o homem também conheça o que lhe dá prazer e o que não.

Dessa forma, ao se conhecer, também saberá controlar melhor seus sentimentos durante o ato sexual. Assim, o aliado mais próximo para o autoconhecimento é a masturbação. Aproveite esse momento para se conhecer.

b. Evite bebidas em excesso

É extremamente comum vermos uma taça de vinho no meio de um casal que está no clima e isso realmente funciona. O vinho é afrodisíaco e eleva a imaginação do casal. Entretanto, o álcool em exagero pode ter efeito contrário, isso porque ele favorece o relaxamento do corpo, prejudica a circulação e consequentemente a ereção.

Assim, excesso do álcool mesmo no cotidiano pode fazer mal também, uma vez que ele prejudica respostas nervosas e vasculares – e como sabemos, são funções extremamente importantes para o desempenho sexual saudável.

c. Evite o sedentarismo

Os exercícios, independentes de qual sejam, possuem um benefício extraordinário: promovem melhores respostas físicas do organismo, a tudo. Além disso, pesquisas afirmam que a prática de exercícios está intimamente relacionada a produção de testosterona, hormônio que é responsável pelo desejo sexual.

Tudo isso é ainda mais significante quando a idade é um pouco mais elevada. Portanto, com certeza praticar exercícios de maneira regular, a fim de evitar o sedentarismo crônico, é um importante e natural remédio para a disfunção erétil.

4. Remédio natural para impotência masculina

Quando falamos de tratamentos e remédios para impotência sexual masculina, o ideal seria encontrar uma solução natural que não contenha contra indicações e nem efeitos colaterais. Todas as opções citadas acima representam esse tipo de solução, entretanto não são tão fáceis de seguir e aplicar.

Apesar disso, hoje existem remédios 100% naturais, sem contra indicações que auxiliam na grande maioria dos casos de disfunção erétil. Falamos desse assunto de uma maneira mais completa no fim deste texto (clique aqui para ir direto para lá).

Remédios para disfunção erétil

1. Medicamentos via oral

Sempre a primeira coisa que vem à cabeça do homem quando sofre desse problema é tomar algum remédio estimulante. Sim eles funcionam, porém possuem algumas contra indicações importantes, principalmente relacionadas às substâncias presentes nas fórmulas.

Os principais efeitos colaterais envolvidos são:

  • Dor de cabeça
  • Rubor
  • Sensação de nariz entupido
  • Taquicardia

Visto esse último efeito colateral como o mais importante e preocupante. Por esse motivo, caso esteja determinado a ter resultados “fáceis”, sem exercícios e outros métodos citados, um remédio para disfunção erétil natural – que falaremos no final deste texto (clique aqui para saber agora).

2. Injeção intra-cavernosa

Neste caso, o efeito é quase que imediato e não é necessário nenhum tipo de estímulo sexual para que haja ereção. A substância injetada promove a dilatação das artérias, aumenta o fluxo sanguíneo e o pênis fica ereto.

Entretanto, como podemos perceber, é um método pouco acessível e é necessário consulta médica para executá-lo.

3. Prótese peniana

Próteses já fazem parte de um nível mais complexo de soluções e tratamento contra a impotência sexual, uma vez que são intervenções cirúrgicas.

a. Maleável

A cirurgia dura em torno de uma hora e o paciente deve esperar 30 dias para retomar sua vida sexual. A partir desse momento, porém, o homem precisará ter um cuidado maior na hora de acomodar o pênis, uma vez que este permanecerá ereto o tempo todo.

Segundo médicos, entretanto, costuma proporcionar maior prazer do que medicamentos e injeções.

b.  Inflável

Mesmo que ainda seja um procedimento cirúrgico, nesse tratamento com prótese inflável, o pênis poderá voltar ao seu estado de flacidez – diferente da prótese maleável.

4. Revascularização

Esse tratamento é indicado para um público restrito: apenas para pacientes que possuem problemas de fluxo de sangue nas artérias que ligam o pênis. Por isso, antes de executar o procedimento, o caso precisa ser muito bem avaliado.

Melhor remédio para uma ereção prolongada – Solução 100% Natural

Como vimos por todo este texto, existem diversos tratamentos e soluções contra a impotência sexual masculina.

Entretanto, algumas são complicadas de se seguir (como exercícios, hábitos e etc) pois exigem tempo e esforço diário. Outras não são tão seguras (como medicamento via oral, cirurgias e etc) pois apresentam riscos à saúde e alguns efeitos colaterais importantes.

Então, qual seria a solução ideal?

Hoje existe um medicamento que se chama Xtrasize (visite a página oficial aqui) que utiliza apenas ingredientes naturais em sua composição. Podemos dizer que ele é um suplemento, uma vez que deve ser tomado todos os dias, duas vezes ao dia, para que o efeito seja percebido.

O Xtrasize funciona muito bem e vem ganhando força no mercado pela sua eficiência contra esse problema constrangedor, além de não possuir contra indicações. Além disso, ele possui autorização da ANVISA e do Ministério da Saúde:

  • Autorização da Anvisa: 04.572-1
  • Registro no Ministério da Saúde: 4572.0068.001-4

Para entender como usuários estão satisfeitos com ele, você pode ler os depoimentos aqui:

Como ter acesso a este suplemento?

Você pode adquiri-lo diretamente no site oficial e ele será entregue em sua porta. Os valores vão de R$169,90 divididos em até 12x ou se quiser fazer uma compra maior, de até 5 unidades, o preço por cada unidade fica mais baixo. Confira na tabela abaixo:

Garanta já sua felicidade sexual clicando no botão abaixo:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!